Uberaba – Vereadores criticam possível desapropriação do Jockey Club

A possível desapropriação do prédio do Jockey Club fez com que alguns vereadores se manifestassem sobre o assunto no Plenário. O vereador Almir Silva apresentou um requerimento, que será encaminhado ao prefeito Paulo Piau.

No documento o parlamentar pede ao chefe do Executivo que não faça a desapropriação do prédio situado na rua Segismundo Mendes, no centro da cidade. O investimento seria de R$ 10 milhões.

Almir afirma que a medida é necessária por vários motivos, como a crise que o país enfrenta com a pandemia da Covid-19, além do fato de que o valor deve ser priorizado em investimentos nas áreas de saúde e esporte.

Além disso, o vereador lembra que o referido clube por muitos anos não pode ser utilizado por uma parcela da população, especialmente pessoas pobres e negras. “Agora, depois da falência, entendemos que o dinheiro dos impostos destes contribuintes também não deve ser usado para pagar este tipo de conta, em detrimento ainda de alimentos e benefícios sociais”, acrescentou Almir.

O vereador Agnaldo Silva também se posicionou contra a aquisição do imóvel e avisou que a decisão será enviada para que a Câmara aprove ou não a decisão da Prefeitura. Kaká também afirmou ser contra a desapropriação.

Outro detalhe mencionado pelos vereadores é que o Executivo pretende utilizar o imóvel como parte do pagamento que deve ao Ipserv, o que também vem recebendo várias críticas.

Fotos: Rodrigo Garcia

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.