Uberabenses são campeões de boxe em São Paulo

Os atletas Cayo Brandão – categoria meio médio – e Daniel Pereira – peso leve –, ambos apoiados pela Prefeitura de Uberaba, por meio da Fundação de Esporte e Lazer de Uberaba (Funel), são os vencedores da 5ª edição do Ipuã Fight Championship, na modalidade boxe. O campeonato, que teve disputas de boxe, muay thai, jui jitsu, nogi (jui jitsu sem kimono) e MMA, foi realizado de Ipuã, São Paulo, no último dia 15.

Atleta das modalidades de muay thai, MMA e boxe, e professor das duas primeiras, Cayo usou o campeonato como preparação para o CFC, campeonato de MMA, que será realizado em 2 de maio, em Conceição das Alagoas, no qual fará a luta principal.

“É muito gratificante ver o resultado da dedicação e esforço de um atleta apoiado pela Funel. Temos muito orgulho em receber o Cayo aqui e ver seu crescimento”, afirmou o presidente da Fundação, Luiz Alberto Medina, durante a vista do atleta à instituição nesta quarta-feira (19), quando Cayo foi agradecer pelo apoio de sempre, proporcionado pela Funel.

Cayo, além de atleta, é coordenador, junto ao atleta Leandro Marcos, da Randleman Combat Team, composta por 15 atletas profissionais e amadores de Uberaba, entre eles, Daniel.  A equipe contabiliza seis cinturões e um título internacional, o MFC realizado na Argentina, e, além do apoio da Funel, conta com o patrocínio da Academia MDX Fit.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Uberaba

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.