Vereadora Rochelle solicita criação de uma Central de Interpretação de Libras (CIL) à prefeitura de Uberaba

Apesar do recurso ter sido negado, a parlamentar segue com o seu compromisso de inclusão e diálogo com a sociedade


Por meio do ofício 11/2021, a vereadora Rochelle (PP) enviou um pedido à prefeitura para a criação da Central de Interpretação de Libras (CIL). De acordo com a parlamentar, a CIL deve auxiliar as pessoas surdas e com deficiência auditiva no atendimento em serviços públicos, como na retirada de documentos, consultas médicas, delegacias, tribunais e outros serviços. A proposta busca atender de forma online e presencial. 

Entendendo que essa é uma demanda antiga da comunidade surda local, e prezando pela acessibilidade nos espaços públicos, a vereadora encaminhou um documento à prefeitura, apontando, inclusive, alguns casos que já aconteceram na cidade, prejudicando essa comunidade em serviços públicos, e um dos principais motivos foi a falha na comunicação. 

Em resposta ao ofício, a Secretaria de Administração da cidade apontou que “A criação de uma Central de Interpretação de Libras exige do Município a disponibilização de estrutura física assim como de pessoal. Entretanto, além da ausência da necessária estrutura física, no atual quadro de servidores, sejam eles ocupantes de cargo ou função pública, não há a previsão legal para que servidores exerçam especificamente tais atribuições”. Dessa forma, a devolução negativa foi confirmada através da resposta. 

Mesmo com o retorno apresentado, a vereadora Rochelle segue com o compromisso de inclusão durante o seu mandato, promovendo o diálogo entre sociedade e seus representantes. Outras propostas devem ser apresentadas em busca da garantia dos direitos básicos de toda a comunidade. 

Fotos: Rodrigo Garcia

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.

Obrigado, Caros Leitores!

Nós da família do Luiz Renato Rodrigues da Cunha vimos através deste canal “Em Todas” agradecer a todos que procuravam diariamente se informar e compartilhar as matérias divulgadas pelo nosso saudoso colunista.

Agradecemos também o carinho demonstrado sempre ao nosso blogueiro imortal.

Foram anos de fidelidade, respeito e interatividade!

Sabemos que ele exerceu com brilhantismo sua capacidade de informar com transparência e imparcialidade, transmitindo alegria e entretenimento a seus leitores.

Chegou a hora de dar um até breve e jamais um adeus, pois acreditamos que um dia estaremos novamente com nosso ente querido.