Vice-prefeito de Uberaba Ripposati recebe proprietários de lotes da região da Serrinha

O vice-prefeito de Uberaba, João Gilberto Ripposati recebeu na manhã desta quinta-feira (16), proprietários de lotes próximos à comunidade rural da Serrinha, a fim de auxiliar na questão da implantação da iluminação pública, visto que a CEMIG está exigindo documentação de regularização para efetivar a extensão da rede elétrica.

“Nós estamos de portas abertas e estou aqui para somar junto ao prefeito Paulo Piau nas questões da nossa cidade. E a pedido do vereador Rubério Santos que esteve presente, e com a participação de representante do vereador Agnaldo Silva, nos reunimos para avaliar de que forma podemos ajudar na demanda quanto à iluminação pública nesse local. Mas importante entender que quando se trata de área rural, o cadastro imobiliário está na competência do INCRA. Por isso chamei as secretarias de Agronegócio, Planejamento e Gestão Urbana, departamento de Cadastro Imobiliário, Departamento de Iluminação Pública para que todos conheçam a situação e juntos busquemos uma solução”, explica o vice-prefeito.

Ele ainda pontua que ocorre frequentemente na cidade, que muitos empreendimentos que vão surgindo, não passam pela prefeitura, causando transtorno para quem adquire os lotes. “Defendemos que antes de um loteamento ser implantado, que a prefeitura seja procurada, para evitar transtorno, pois muitas vezes o cidadão fica aguardando decisões que o município não pode emitir. Não é má vontade do poder público, mas temos que seguir o que determinar a Lei. De todo modo vamos fazer o máximo para ajudar. Também pedi a eles definam que tipo de comunidade querem ser, para que políticas públicas possam ser implantadas, como turismo rural e até mesmo uma agrovila”, destaca Ripposati.

Peterson Marques de Oliveira, proprietário de um dos lotes reforça que a reunião foi pedindo auxilio para impasse da ligação de energia. “Nós via Cemig tivemos dificuldade em relação à declaração de um documento que nos permitisse a ligação de energia, paralelo a isso, verificamos se existe algum programa social, algum incentivo do município para o desenvolvimento de uma área, ainda que rural. Tivemos retorno positivo no sentido de recebermos a visita de uma pessoa da secretaria do agronegócio para posterior reunião com representante da Cemig, por meio do vice-prefeito”, afirma Oliveira.

Ainda neste mês, equipe da Secretaria do Agronegócio fará uma visita técnica no empreendimento, e será marcada uma reunião com representante da Cemig e todos os entes envolvidos para encontrar uma solução que atenda aos proprietários dos lotes.

 

 

Copyright © Em Todas Blog – Todos os direitos reservados.